14/09/2017

Observatório da UnB discute suicídio

Também será apresentado relatório sobre direitos humanos dos pacientes em risco de suicídio

O Observatório de Bioética e Direitos Humanos dos Pacientes da Universidade de Brasília, com o apoio do Núcleo de Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) vai discutir o suicídio sob a perspectiva da bioética, dos direitos humanos e das políticas públicas na próxima terça-feira, 19 de setembro. Na ocasião, será apresentado o relatório sobre direitos humanos dos pacientes em risco de suicídio, estudo inédito no Brasil com o objetivo de divulgar a temática e provocar a discussão sobre políticas públicas sobre suicídio, formação dos profissionais de saúde e a importância de garantir os direitos dos pacientes em risco de suicídio.

O debate e o lançamento acontecem no auditório da Fiocruz Brasília (Asa Norte) a partir das 9h. Para o observatório de bioética, o suicídio é uma questão relevante para a saúde pública e os direitos humanos, notadamente sob a ótica dos pacientes que apresentam risco, pois a violação a esses direitos impacta no cuidado à saúde do paciente e pode incrementar o risco de nova tentativa.

Haverá emissão de certificado. A inscrição deverá ser feita no local.

 

Suicídio: Olhares sobre bioética, direitos humanos e políticas públicas

Quando: 19 de setembro (terça-feira), às 9h.

Onde: Auditório da Fiocruz Brasília, localizado na L3 Norte, campus universitário Darcy Ribeiro (Asa Norte).

Mais informações: www.observatoriopaciente.com.br