07/02/2020

Representantes da enfermagem se reúnem com secretários de Saúde e da Casa Civil do DF

Em reunião hoje no Palácio do Buriti com o governo,


Em reunião hoje no Palácio do Buriti com o governo, os representantes da enfermagem do Distrito Federal marcaram posição em defesa da Portaria SES 33/2020, que normatiza a prescrição de exames e medicamentos por enfermeiros em todos os níveis de atenção da rede pública do DF. A medida foi suspensa, mas já existe cenário político favorável para colocá-la novamente em vigor.

Segundo o presidente do Coren-DF, Dr. Marcos Wesley, as entidades vão trabalhar em várias frentes, para sensibilizar o governo, os parlamentares e a sociedade sobre os impactos positivos da medida na saúde pública do DF. “Temos competência e a lei garante o direito de exercer essas prerrogativas profissionais. Quem ganha é a população, que vai passar a contar com um atendimento rápido, seguro e confiável. Estou confiante de que vamos retomar essa medida para exercer a nossa profissão em sua integralidade”, destacou.

Na foto principal: o diretor do Sindate/DF, Newton Batista; o secretário do Coren-DF, Dr. Tiago Pessoa Alves; o tesoureiro do Cofen, Dr. Gilney Guerra de Medeiros; o presidente do Coren-DF, Dr. Marcos Wesley; a diretora do Sindate-DF, Isa Leal; o chefe da Casa Civil do GDF, Valdetário Andrade Monteiro; a presidente do SindEnfermeiro, Dra. Dayse Amarilio; o secretário de Saúde, Dr. Osnei Okumoto; o deputado distrital Jorge Vianna; o diretor do SindEnfermeiro, Dr. Tarcísio Souza Faria e o secretário de governo, José Humberto Pires.