25/06/2020

Força-tarefa fiscaliza HRGu

90 servidores da unidade já contraíram Covid-19

Nesta quarta-feira (24), o Hospital Regional do Guará (HRGu) recebeu a visita da Ação Conjunta Covid-19 – iniciativa que reúne SindEnfermeiro-DF, Coren-DF, ABEn-DF, OAB-DF, Conselho de Saúde do DF e a Comissão de Direitos Humanos da Câmara Legislativa.⠀

O grupo esteve na unidade para acompanhar a rotina dos trabalhadores, equipamentos de proteção individual, o fluxo de atendimento e a retaguarda dos serviços, assim como a segurança dos profissionais e a coleta dos exames feitos pelos pacientes com suspeita de Covid-19.⠀

O alto número de servidores estatuários e terceirizados infectados na unidade têm gerado grande preocupação – somados, os casos de coronavírus já ultrapassam 90 entre os trabalhadores do hospital. A situação se torna ainda mais grave se considerado o reduzido espaço físico na unidade, além da falta de suporte para a oferta das especializações.⠀

Também foi apurado que a direção do HRGu vem realizando alterações e adaptações nos protocolos para a triagem e classificação de risco – que ainda não dispunha de um local específico. Agora, a realização da classificação de risco está sendo feita no espaço destinado à internação pediátrica – que foi redirecionada para o Hospital Materno Infantil de Brasília (HMIB), e mantém no HRGu apenas as alas destinadas ao pronto socorro pediátrico.⠀

No entanto, as medidas ainda estão em fase de implementação, sendo que durante a visita foi observado que os ambientes ainda não foram completamente adaptados, e os pacientes suspeitos ainda estão adentrando a unidade pelo mesmo acesso que os pacientes que não estão infectados.⠀

Alguns dos pontos positivos destacados na visita são a correta sinalização dos ambientes do hospital, além do uso de ferramentas como o QRCode para acesso ao fluxograma de atendimento na unidade. Para a presidente do SindEnfermeiro, Dayse Amarílio, apesar das providências, existe uma grande preocupação, pois as medidas tem sido adotadas tardiamente nos hospitais e unidades de saúde.⠀

Fonte: SindEnfermeiro-DF