02/10/2017

Enfermeiros da chapa 1 vencem eleição no Coren-DF

Mais de cinco mil profissionais de nível superior participaram da votação

Com 66,4% dos votos válidos, a chapa 1 de enfermeiros – “Unidos pela valorização da enfermagem” venceu a eleição para a gestão 2018-2020 do Conselho Regional de Enfermagem do Distrito Federal (Coren-DF). Em segundo lugar, a chapa 3 recebeu 25,5% dos votos válidos. A chapa 2 não concorreu por decisão do Conselho Federal de Enfermagem, que excluiu o grupo devido à inadimplência de um dos integrantes. Votos brancos totalizaram 5,9%; nulos, 18%.

Integrantes da chapa 1, Ricardo Silva, Marcos Wesley Feitosa e Tiago Pessoa acompanharam a apuração dos votos na sede do Conselho Federal de Enfermagem nesta segunda-feira (02/10)

A chapa 1 registrou em cartório as 50 propostas que pretende tornar realidade à enfermagem do Distrito Federal nos próximos três anos. Na área de ensino e pesquisa, o grupo pretende fortalecer a Câmara Técnica de Ensino e Pesquisa do Coren-DF, responsável pela produção de pareceres técnicos que auxiliam a disciplinar o exercício profissional. Outra promessa é a oferta de cursos de atualização e capacitação por meio de plataforma de educação a distância.

No âmbito da fiscalização, atividade-fim do conselho, os novos conselheiros propõem continuar combatendo o exercício ilegal da profissão e ampliar as ações fiscalizatórias. No que tange à assistência, a chapa 1 pretende implantar uma câmara técnica de segurança do paciente e apoiar os núcleos do tema instituídos em unidades de saúde pública e particular por meio de seminários, cursos e pareceres.

Com o objetivo de promover as profissões de enfermagem, o grupo planeja implantar o projeto “Coren nas Escolas”, apresentando as áreas de atuação da categoria e estimulando a divulgação da enfermagem nos meios de comunicação. Além disso, a chapa 1 apoia movimentos sociais como o parto humanizado, a defesa dos direitos LGBT e o combate à violência contra a mulher.

 

Suspensão da eleição de técnicos

Pouco tempo após o início da eleição desse domingo (1º/10), a votação de técnicos e auxiliares de enfermagem foi suspensa, devido à não inclusão, no sistema, de todas as chapas de nível médio concorrentes. O Conselho Federal de Enfermagem marcará nova data para a realização do pleito, que será divulgada nos canais oficiais do Coren-DF assim que for definida.

 

Integrantes da chapa 1 (enfermeiros)

Efetivos:

  • Ricardo Cristiano da Silva (94.516-ENF)
  • Tiago Pessoa Alves (110.045-ENF)
  • Marcos Wesley de Sousa Feitosa (146.933-ENF)
  • Rinaldo de Souza Neves (54.747-ENF)
  • Leila Bernarda Donato Gottems (63.655-ENF)

 

Suplentes:

  • Paulo Wuesley Barbosa Bomtempo (355.583-ENF)
  • Lindalva Matos Ribeiro Farias (81.633-ENF)
  • Ana Maria de Lima Palmeira (271.888-ENF)
  • Viviane Franzoi da Silva (121.216-ENF)
  • Tatiana Vanessandra Rubbo de Almeida (143.081-ENF)