22/01/2018

Resistir e avançar juntos

Em 2018, a Enfermagem brasileira se fará ouvir. Somos uma

Em 2018, a Enfermagem brasileira se fará ouvir. Somos uma nação de 2 milhões de profissionais, contribuindo diariamente para concretizar o sonho de um Sistema Único de Saúde público, universal e de qualidade. Continuaremos nossa luta por um SUS fortalecido, pela qualidade da formação, pelo pleno respeito às prerrogativas profissionais da Enfermagem e por condições dignas de vida e trabalho.

A suspensão da liminar que impedia enfermeiros de requisitar exames no SUS foi uma importante vitória da Enfermagem e da população, com ampla mobilização social. Não recuaremos. Continuaremos a luta até a última instância. Defenderemos ainda a regulamentação da Enfermagem Estética e Dermatológica, também objeto de ação judicial do Conselho Federal da Medicina.

Encerramos o ano com duro golpe contra a formação em Enfermagem. O MEC revogou o decreto 8.754/2016, facilitando a abertura de cursos a distância, com precária fiscalização. Na Saúde Mental, enfrentamos um desmonte da Reforma Psiquiátrica. A estratégia vacinação, orgulho da população e da Enfermagem brasileira, também está sob ameaça, com a autorização para que vacinas sejam administradas em farmácias e drogarias, sem a presença de profissionais de Enfermagem habilitados para identificar possíveis contraindicações, intervir em casos de reação e garantir o correto armazenamento e manuseio dos insumos.

Em tempos de retrocesso, resistimos. A regulamentação da jornada, engavetada pelo Congresso Nacional, avança nos estados e municípios. Mais de cem municípios e dez estados brasileiros já estabeleceram a jornada de 30h para profissionais de Enfermagem.

Lutamos pela garantia do Descanso Digno durante os plantões, pela Aposentadoria Especial para os profissionais de Enfermagem e pelo Piso Salarial nacional. Sabemos que o avanço destes projetos dependerá da representatividade política da Enfermagem e da nossa capacidade de mobilização.

Pelo sonho é que vamos. E nosso sonho é uma Enfermagem capacitada e valorizada, atuando de forma interdisciplinar, para assegurar o direito à Saúde da população brasileira.

Fonte: Ascom – Cofen