22/12/2017

Coren-DF implantará Sistema Eletrônico de Informações

A tramitação eletrônica de documentos deve ser iniciada no primeiro semestre de 2018

O presidente do Conselho Regional de Enfermagem do Distrito Federal (Coren-DF), Gilney Guerra, e o Gerente de Tecnologia da Informação, Sérgio Lima, assinaram, na manhã desta sexta-feira (22/12), o Acordo de Cooperação Técnica com o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPOG) para implantar o Sistema Eletrônico de Informações – SEI. O sistema informatizado tornará as atividades de gestão interna mais rápidas e eficientes.

Desenvolvido pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), o SEI é um sistema de gestão de processos e documentos arquivísticos eletrônicos, com interface amigável e práticas inovadoras de trabalho. A principal característica é a substituição do papel, no suporte físico, para documento virtual com atualização e comunicação em tempo real, possibilitando a tramitação em meio eletrônico.

Através do SEI, o Coren-DF irá melhorar a logística de envio de documentos, impressão, cópias e, principalmente, a guarda e manutenção de acervos, tornado os processos administrativos (PAD) mais celeres. A legislação vigente permite a digitalização de documentos, mas os originais em papel devem ser mantidos. Já os documentos digitais não precisam ter cópias impressas, reduzindo as despesas. “O processo eletrônico de documentos trará mais economicidade, transparência e sustentabilidade ao Coren-DF”, ressalta o presidente da autarquia, Gilney Guerra.

PEN/SEI – O Projeto PEN (Processo Eletrônico Nacional) reúne ferramentas, metodologias e instrumentos normativos que permitem a adoção do processo eletrônico por qualquer órgão e entidade pública. Uma das principais ações do PEN é a disponibilização do SEI, cedido gratuitamente aos órgãos e instituições públicas, mediante assinatura de Acordo de Cooperação Técnica.